Lingla Kuchen Rinpoche

LINGLA KUCHEN RINPOCHE

Lingla Kuchen Rinpoche nasceu em 1963 na vila de Dzogchen. O Rinpoche é a reencarnação do IV Lingla Rinpoche, Thubten Trinle Gyatso. É um dos Lamas principais do Mosteiro Dzogchen do Tibete Oriental, sendo um dos seus quatro regentes. Entrou com dezasseis anos para o Mosteiro Dzogchen onde recebeu numerosos ensinamentos, transmissões e empossamentos de vários Lamas. Com dezanove anos tornou-se Umdze, sendo que na Tradição Tibetana o Umdze é o Mestre de Rituais do Mantrayana. Aos vinte e cinco anos começou os seus estudos na Universidade Monástica de Shri Singha, assumindo já as responsabilidades de Grande Lama. Recebeu numerosos empossamentos e transmissões de Tulku Kalzang Rinpoche, Doukpa Thoubten Nyima Rinpoche, Khenpo Choe Kyap, Khenpo Phentsé. Por exemplo, recebeu por completo o Lonchen Dzodun, Longchen Nyingtik, etc.

 

Todos os anos desde 2004, lidera as Grandes Cerimónias do Mosteiro, durante o décimo segundo mês do calendário tibetano.

 

Em 2003 construiu um templo contendo a enorme estatua “Djo-Wo” no local de residência da sua vida passada. De 2003 a 2006 foi director do Mosteiro Dzogchen, assumindo a responsabilidade por todas as questões espirituais e materiais. Durante este tempo o Rinpoche viajou para os Estados Unidos da América, França, Reino Unido, Alemanha, Bélgica, Suiça, Singapura, Taiwan e Hong Kong para ensinar o Dharma.

 

Lingla Tulku Rinpoche é dotado de grande compaixão ao cuidar e ensinar os seus alunos a como seguir o Caminho do Buda. Essa compaixão é expressa através da educação que concede aos seus alunos, ensinando os princípios mais importantes para realizar o estado de Buda: o estudar, reflectir e meditar.